Mostrando postagens com marcador Série Escândalos nas Highlands. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Série Escândalos nas Highlands. Mostrar todas as postagens

24 de março de 2017

Louco, Mau e Perigoso em Tartã

Série Escândalos nas Highlands 
O perseguido se torna o perseguidor. 

Depois de anos tendo Rowena MacLawry, a irmã mais nova de seu melhor amigo rondando, o que Lachlan MacTier quer fazer é fugir. Mas, em seguida, Winnie foge para Londres, determinada a esquecer Lachlan no redemoinho de sua temporada de debutante. 
Quando ela retorna, três meses depois, se preparando para o pródigo casamento Highlander de seu irmão mais velho, Rowena é uma mulher mudada. 
Sufocou seu sotaque escocês, se tornando um árbitro das últimas modas de Paris e Londres, e está na companhia de vários jovens e bonitos aristocratas ingleses, todos competindo por seus favores. 
Lach não sabe bem o que fazer com esta beleza espirituosa e sofisticada, que agora tem coisas melhores a fazer do que segui-lo até uma lagoa de pesca. 
Mas, por mais determinada que esteja em provar que não tem necessidade de bajular um ladino escocês vestindo kilt, que não podia sequer se incomodar em escrever-lhe uma única palavra, e quanto mais deseja se afastar, mais interessado ele está em Winnie. 
Está fingindo desdenhá-lo agora, ou será que realmente perdeu a chance com uma dama que está se tornando muito mais agradável e interessante do que jamais imaginou? 

Capítulo Um 

—Paixão. Foi isso. —Rowena MacLawry virou a mão para o par de jovens damas sentadas à sua frente. —Quero dizer, pelo amor de Deus, não conhecia ninguém. Lady Jane Hanover manteve o olhar voltado para fora da janela da carruagem. 
—Acho que ficaria mais convencida se conservasse seus sentimentos por Lorde Gray e gastasse menos tempo falando sobre como não dá a mínima para ele. 
—Não seja rude, Jane —, sua irmã mais velha, comentou. Lady Charlotte sorriu para Rowena. —Falar abertamente de uma complicação, muitas vezes faz maravilhas para se libertar. E considerando que passou dezoito anos vendo Lorde Gray de uma forma particular, espero que isso leve algum tempo para vê-lo de forma diferente. Rowena assentiu, chegando do outro lado da carruagem para apertar a mão da filha mais velha do Visconde Hest. 
—Da mesma forma, ela concordou, cuidadosamente enterrando seu sotaque sob os tons ingleses cultivados, que tinha passado os últimos três meses aperfeiçoando. —É uma nova maneira de pensar sobre as coisas, é tudo. 
—Deslocando-se, olhou pela janela para pegar um vislumbre da longa cauda de carruagens atrás deles. Civilização nos cascos, por assim dizer. O conteúdo desses veículos foi o resultado de três meses passados aprendendo a ser uma dama sensata, de lembrar-se que os cavalheiros pareciam achar divertido que damas conversassem sobre tosquia de ovelhas e pesca e banho em um lago como se fossem pagãos. 
Bem. Não era uma pagã. E agora tinha os amigos e admiradores e guarda-roupa e maneiras, para provar isso. —Todos temos que encontrar uma nova maneira de pensar, não é? 
—Jane comentou, mudando-se para sentar-se ao lado Rowena. 
—Você e eu estamos prestes a nos tornarmos cunhadas. E estamos na Escócia, de todos os lugares! Todos os Highlanders usam kilts? Nunca pensei em perguntar. Por mais que pudesse apreciar um homem impecável nas cores preto, vermelho e branco do clã MacLawry, Rowena continuou a ficar surpreendida com a maioria da paixão de seus amigos ingleses ‘com o traje’. —Hoje todos vão estar em kilts e cores do clã. Ranulf vai querer que sua noiva veja Glengask no seu melhor. 
A cor tocou o rosto de Charlotte, o que foi bastante animador. Rowena não pensou que a filha mais velha de Lorde Hest poderia parecer tão calma quanto tinha estado fingindo ao longo dos últimos dias. Não, quando estava prestes a lançar seus olhos sobre o que seria seu novo lar. Sua nova vida. Sufocou uma careta abrupta. Charlotte estava viajando para o norte, para uma nova vida com um homem que a adorava. 
Tudo o que ela estava fazendo, porém, era voltar para a sua antiga vida, depois de três meses gloriosos em Londres. Nada tinha mudado para ela, exceto ela, é claro. No entanto, quanto tempo duraria isso, de volta nas Highlands com seus irmãos? Não pertencia mais aqui. Pertencia à maravilhosa e sofisticada Londres. —Contudo, seja como for que se sente sobre Lachlan MacTier e, como ele se sente sobre você, imagino que vai ficar muito surpreso ao vê-la novamente, Winnie. 
—Charlotte sorriu. —E o que...









Série Escândalos nas Highlands
0,5- Um Escocês Sedutor
1- O Diabo Veste Kilt
2-  Um Libertino com Sotaque
3- Louco, Mau e Perigoso em Tartã

11 de novembro de 2016

Um Libertino com Sotaque

Série Escândalos nas Highlands

1817: Preso em um salão de baile de Mayfair, graças a seu irmão apaixonado, o Highlander Arran MacLawry não quer nada mais do que um pouco de distração de um noivado arranjado, e uma moça ruiva inteligente, em uma máscara de raposa, promete apenas isso. . . 

Até que ele descobre que ela é a neta do Campbell, chefe do clã rival dos MacLawry de longa data. 
Apesar da trégua relutante de suas famílias, apaixonar-se pela ardente Mary Campbell é uma noção muito estranha mesmo para este Highlander ...Crescendo com os contos sobre os selvagens MacLawrys, Mary fica chocada ao perceber que o homem impressionantemente na máscara da raposa é um deles. Certamente o inimigo não deve ter um peito tão largo, e um sotaque tão sedutor? Não que sua curiosidade importe, qualquer flerte entre eles é estritamente proibido, e ela está prometida a outro. Mas com a faísca a crepitar entre eles pronta para pegar fogo, o amor vale a pena todos os riscos ...

Capítulo um

O clã MacLawry tinha um velho ditado que, ao longo dos anos, converteu-se em: — Se você quer ver o rosto do diabo, olhe um Campbell.
E havia um outro MacLawry falando sobre Londres e os Sasannach1 fracos e fanfarrões que moravam lá, Arran MacLawry recordou, mas como atualmente estava no centro de um salão de baile em Mayfair, iria mantê-lo para si mesmo. Um bando de jovens, todas elegantemente vestidas curvavam suas máscaras de cisne, passeavam como um bando. Sorriu para elas, interrompendo a formação e espalhando-as, assoviando encantadoramente, e indo em direção a mesa de refrescos.
— Pare com isso, seu diabo.
Arran olhou de relance para seu irmão, sentado a poucos passos de distância e conversando absorto - ou assim pensava - com uma elegante coruja mascarada. — Não fiz nada, apenas sorri. Você disse para ser amigável, Ranulf.
Ranulf, Marquês de Glengask, balançou a cabeça. Mesmo com o rosto parcialmente escondido por uma máscara de pantera negra, provavelmente não havia um único convidado no sarau Garreton esta noite que não soubesse exatamente quem ele era. — Disse para ser educado. Sem brigas, e sem insultos, e não deixar as pequeninas moças Sasannach em frenesi.
— Então, provavelmente deveria ter usado uma máscara de pirata ou uma de pombo, em vez de uma raposa. — Ou talvez não devesse ter comparecido esta noite, mas então, quem manteria um olho nos Campbells ou em outros tipos desagradáveis?
1 Sasannach: Uma palavra escocesa para uma pessoa inglesa ou uma palavra Highlander para uma planície escocesa.
A coruja ao lado de seu irmão riu. — Não acho que o disfarce teria importância, Arran, — disse em seu acentuado inglês educado. — Você ainda teria todas as jovens senhoras te observando.
— Suponho que isso foi um elogio, Charlotte, — retornou, inclinando sua cabeça para a noiva Sasannach de seu irmão mais velho, Charlotte Hanover, — então vou dizer obrigado. — Naquele mesmo instante avistou uma magnífica máscara de pavão diante de um vestido violeta e sorriu, mas sua expressão congelou quando o cisne de verde e dourado ao lado do pavão apareceu. Danação. Os dois jovens pássaros juntaram os braços e viraram-se na sua direção, mas não achava que o haviam visto ainda. Sua graciosa irmã não seria um cisne esta noite, seria? — Perguntou a Charlotte, lentamente inclinando-se contra a parede.
— Sim, — Charlotte retornou. — Coitadinha. Não acho que percebeu que muitas outras estariam usando máscaras de cisne hoje à noite, também.
— Bem, se você a vir e a Winnie, dê meus cumprimentos as moças! — Disse, virando-se para a porta do salão principal. — Vejo Tio Myles, e vejo que quer conversar comigo.
— Mentiroso, — Ranulf disse. — E não vá longe. Os Stewarts estão sendo esperados hoje à noite, e quero que conheça Deirdre Stewart.
Arran parou, embora disfarçasse um pouco, ficando para trás na confusão de máscaras entre ele e o cisne verde-dourado. — Deirdre Stewart? O que diabos isso quer dizer. Seu irmão mais velho não parecia estar brincando, no entanto. — Ouvi que ela é bastante afável, e tem vinte e dois anos. E é sobrinha de Stewart.
Então, esse foi o outro motivo que fez seu irmão dizer-lhe para permanecer em Londres, mesmo após as brigas e sua óbvia… impaciência com a maneira um pouco inglesa com que Ranulf estava comportando-se. — Esse é o meu dever agora, é?








Série Escândalos nas Highlands
0,5- Um Escocês Sedutor
1- O Diabo Veste Kilt
2-  Um Libertino com Sotaque

14 de dezembro de 2015

O Diabo Veste Kilt

Série Escândalos nas Highlands
Em uma missão para resgatar sua irmã fugitiva da atração por elogios floridos e inúteis, de biltres vestidos de cetim e disfarçados por seus pretensiosos títulos, Ranulf MacLawry, marquês de Glengask, irrompeu na sociedade britânica como uma tempestade através das Highlands. 

Mas ele está prestes a descobrir que o cetim tem seu apelo, especialmente quando abrange as curvas de lady Charlotte Hanover, cuja língua é tão afiada quanto sua pele é macia...
Lady Charlotte Hanover já tinha tido suficiente de homens esquentados, tendo perdido seu noivo em um duelo absolutamente desnecessário. 
Os músculos sempre vão triunfar sobre os cérebros? Mas há algo sólido e atraente sobre o highlander impetuoso que é tão perigoso no salão de baile como na batalha. Às vezes, o mais forte é realmente melhor...

Capítulo Um

- Não há necessidade de se preocupar com essa despesa, Jane acolhe com prazer qualquer desculpa para fazer compras. - Com um sorriso, lady Charlotte Hanover beijou sua irmã no nariz, depois se levantou.
- Não tenho nenhuma vontade de mudar a sua programação. - Lady Rowena MacLawry retornou para seu sotaque suave, melodioso. - Chegar à sua porta com apenas uma nota já foi ruim o suficiente.
- Bobagem. - Lady Jane Hanover agarrou a mão da amiga. - Tenho tentado convidá-la a nos visitar pelo que me parecem ser anos. Sua mãe e a minha mãe foram praticamente irmãs. Não é, mamãe?
- Sim. - Elizabeth Hanover, a condessa de Hest, acenou com a cabeça. - E estou tão contente que você começou a se corresponder com Jane. Você é tão parecida com Eleanor, sabe. - Ela suspirou, oferecendo um sorriso suave. - É bem-vinda aqui, minha querida, por tanto tempo quanto queira ficar. E é claro que patrocinarei sua temporada. É só apropriado que você e Jane estreiem juntas.
Jane bateu palmas.
- Você vê? Deveria ter vindo há muito tempo, Winnie.
- Oh, eu quis, acredite-me. É só que Ran bateu o pé sobre o assunto. Ele pensa que todo inglês é.… - Ela parou, limpando a garganta. - Bem, ele é muito conservador quando se trata de Londres.
Ela sacudiu uma mão, rindo, mas quando olhou para Charlotte, a jovem lady Rowena não parecia totalmente à vontade. Claro que ela estava bastante certa que não iria, também, se viajasse com nada menos que sua empregada pela metade da Escócia e toda a extensão da Inglaterra. Claramente que Winnie queria muito uma temporada em Londres.
Para um irmão superprotetor, este Ranulf MacLawry tinha falhado de forma bastante espetacular. Uma jovem que nunca tinha deixado seu próprio condado, não tinha que atravessar sozinha a Inglaterra. Ou viajar em uma carruagem do correio. Charlotte tinha intenção de escrever para o lorde de Glengask e dizer-lhe exatamente isso. Certamente, ninguém poderia ser tão ignorante a ponto de pensar que não seria necessário enviar uma carta para preceder sua irmã, para garantir que alguém estaria em casa para cumprimentá-la e acompanhá-la na temporada. Era... 

Série Escândalos nas Highlands
0,5- Um Escocês Sedutor
1- O Diabo Veste Kilt
2- Um Libertino com Sotaque

19 de novembro de 2015

Um Escocês Sedutor

Série Escândalos nas Highlands


Enquanto participava do casamento de sua tia em Inverness, Julia Prentiss é surpreendida por um homem que a sequestra para poder se apoderar de sua fortuna.

Julia consegue escapar de sua propriedade nas Highlands, apenas para encontrar-se sozinha, perdida, e caçada em uma terra estranha. 
Quando se depara com um homem nu em um lago, acha que sua sorte tem ido de mal a pior... Ou não?
Duncan Lenox vive rodeado de inimigos, um MacLawry em uma terra de Campbells. 
Com três irmãs em casa, que contam com ele, se tornou um homem muito cauteloso. Mas quando uma ruiva beleza inglesa não tem a quem recorrer, ele se sente obrigado a ajudar. 
Quando os dois são forçados a passar a noite em uma casa abandonada, enquanto uma tempestade os assola e inimigos os cercam, eles encontram uma paixão mútua que poderia salvar, ou desgraçar, ambos.

Capítulo Um

Julia Prentiss sentou-se na estrada conforme a cauda de sua égua desaparecia em torno de uma grande pilha de pedras. Em outras circunstâncias, ela provavelmente teria pensado que a vista era bonita, um cavalo preto galopando, sem cavaleiro, no laranja e púrpura do pôr do sol cheio de nuvens. 
Era precisamente o tipo de coisa que tinha imaginado quando ela sugeriu uma visita de verão à Escócia para o casamento de sua tia como um presente de Natal perfeito. 
Tocou a bainha de seu vestido azul rasgado e fez uma careta. Aquilo não era sequer remotamente o que ela tinha pensado.
Nada nos últimos cinco dias, de fato, parecia, como qualquer espécie de presente de Natal que ela teria pedido. Não em mil anos. Então, ela supôs que não deveria ter se surpreendido ao ser arremessada para o chão agora. Tudo corria perfeitamente, juntamente com o pesadelo horrível que este presente tinha se tornado.
Uma vez que recuperou o fôlego, mexeu os dedos das mãos e os dedos dos pés. Seu traseiro com certeza estaria ferido amanhã, mas nada parecia estar quebrado, o que também foi o primeiro pedaço de sorte que ela tinha conseguido nos últimos cinco dias. 
Provavelmente, também seria o último bocado de sorte que ela iria ver. Certamente não podia arriscar ficar no lado da estrada esperando por um rosto amigável. Era muito mais provável que a próxima pessoa que visse seria decididamente hostil.

Série Escândalos nas Highlands
0,5- Um Escocês Sedutor
1- O Diabo Veste Kilt


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...