Mostrando postagens com marcador Karen R. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Karen R. Mostrar todas as postagens

18 de julho de 2015

Sombras da Noite







Resgatada das ruas de Dublin...

Caitlyn O’Malley se encontrou sob o amparo de Connor D’Arcy, de dia conde de Iveagh e de noite o mais ousado salteador de estradas da Irlanda.
Das ruínas do castelo de Donoughmore, o valente nobre sai para roubar os odiados ingleses.
Logo Caitlyn cavalgará ao seu lado, atormentada pela crescente paixão que sente pelo homem que a converteu em mulher e, entretanto, trata-a como a uma menina… até essa noite infernal em que Caitlyn se viu obrigada a trair Connor para salvá-lo.

Capítulo Um

Caitlyn O’Malley era uma jovenzinha, mas ninguém o teria sabido se a tivessem visto pelas estreitas ruelas empedradas de Dublin aquela nebulosa tarde de abril de 1784. Nos últimos oito anos dos quinze que tinha vivido, tinha fingido ser um moço. Tanto êxito teve que ela mesma esquecia às vezes seu verdadeiro sexo. Seu negro cabelo emaranhado estava cortado de tal maneira que quase não chegava aos ombros.
Uma capa constante de fuligem escurecia suas feições delicadas.
 Seus enormes olhos azuis, grandes como ágatas em um rosto marcado pela fome, passavam quase despercebidos em meio de toda a sujeira. Um casaco velho e puído cobria seu corpo esguio e suas calças eram dois tamanhos maiores do que o necessário. 
Parecia-se muito ao menino esfarrapado de doze anos que a acompanhava.
—Por Deus, O’Malley, que aroma mais maravilhoso!
Willie Laha se deteve para cheirar com inveja a bandeja de bolos de carne que o vendedor estava acomodando em sua carroça. 
Estavam tão frescos que saía fumaça deles. Ao ver o exterior dourado e sentindo o seu delicioso aroma, Caitlyn sentiu a boca cheia d’água. A fome lhe retorceu o estômago. Nem ela nem Willie tinham comido a noite anterior nem em todo o dia, e já estava se aproximando a noite outra vez. 
As sobras para o jantar eram provavelmente escassas. Os grupos de rapazes, meninos e mendigos que se escondiam nas guaridas perto da Rua O’Connell eram tão famosos que os comerciantes quase andavam armados. A vida de um menino valia tanto como uma maçã. 
Com a feira de rua e os trabalhadores das docas nas ruas todas as noites, deveria haver abundantes sobras. Mas os farristas cuidavam de suas bolsas e os comerciantes olhavam com olhos de águia seus bens. Só uma semana atrás, Tim O’Flynn, um membro da turma de meninos, que era o mais próximo a uma família que Caitlyn tinha tido desde que sua mãe morreu, tinha sido enforcado por roubar duas ameixas e um pedaço de pão. 
Com esse exemplo em mente, Caitlyn era mais precavida do que o habitual, embora a fome estivesse começando a minar sua acostumada prudência. Se não se decidisse a roubar, não comeria.
—Ei, você! Te mova ou te dou uma surra! —O grito provinha do comerciante com o rosto vermelho que tinha notado seu interesse e os ameaçava com um pedaço de pau na mão. Caitlyn lhe respondeu com um gesto grosseiro, mas não resistiu quando Willie a empurrou pela rua, a qual estava isolada pelas carroças de vendedores que ofereciam desde bolos de carne até sapatos de couro.
—É melhor que fiquemos quietos até que Doley e os outros venham. Só nós dois não temos muitas oportunidades.
Caitlyn franziu o cenho ante a cautela de Willie. O destino de O’Flynn estava convertendo em mulherzinhas a muitos deles. Tinham que sacudir de cima esse espectro se quisessem comer com regularidade.
Era pura tolice pensar — como Willie e alguns dos outros — que estavam perseguidos pela má sorte. O’Flynn não tinha sido o suficientemente cuidadoso ou rápido. A lição que deviam aprender não era deixar de roubar a não ser assegurar-se de não ser apanhados. E ela não o seria. Sempre tinha sido cuidadosa e, além disso, era a mais rápida de todos. Nenhum comerciante gordo a apanharia, como tinha acontecido a O’Flynn. E Jamie McFinnian, que tinha sido enforcado um mês antes que O’Flynn, sempre tinha sido torpe.
Que tivesse escapado até então era um milagre, nem mais nem menos. Não, não era que a má sorte os perseguisse. Não era nada mais que desajuizados.
—Olhe ali. — Com a cabeça dirigiu a atenção de Willie a um ângulo mais afastado da rua. Um homem alto e esbelto, vestido com elegância, abria caminho com despreocupação através dos sujos trabalhadores das docas que, com suas mulheres, começavam a encher a rua. 
Enquanto eles olhavam, o homem tirou um relógio de ouro do bolso, abriu-o com a unha de seu polegar bem cuidada e o olhou um momento antes de voltar a pô-lo em seu lugar despreocupadamente. 
O desdém torceu a boca de Caitlyn em uma careta. Obviamente o cavalheiro era um recém-chegado da maldita Inglaterra, um dos membros da odiada casta governante, e ninguém lhe tinha avisado que não se aventurasse aos perigosos bairros irlandeses da cidade. Passeava como se não lhe importasse o mundo, alheio aos olhares sombrios que recebia da maré de oprimidos que o rodeava.
—O cordeiro justo para a tosquia, Willie, meu amigo. — Os olhos de Caitlyn brilharam com uma combinação de avareza e ódio quando se fixaram no cavalheiro. O ódio não tinha nada a ver com ele
como pessoa. Os irlandeses odiavam aos ingleses desde seu nascimento. Era algo que levavam no sangue e nos ossos.
 




24 de novembro de 2013

Mar De Fogo

Série Hale



A saga tempestuosa de Lady Catherine Aldley e do pirata Jonathan Hale, que começou em Paixão na Ilha, agora continua em Mar de Fogo... 

O que pode uma bela cativa dizer para um sensual pirata cruel? 
Ele era seu marido, seu amante, o pirata que tomou seu corpo, em seguida, roubou o seu coração. 
Lady Catherine Aldley fugiu da Inglaterra para construir uma casa com o infame Jonathan Hale na Carolina. Mas a sua vida perfeita foi quebrada quando Cathy foi convocada a voltar à Inglaterra por seu pai doente, e descobriu que seu casamento com Jonathan era uma farsa. 
Ele era um homem procurado, a um passo da forca. A única maneira que achou para salvá-lo era se casar com seu desprezível primo, e deixar Jonathan achar que tinha traído o seu amor. 
Qualquer coisa, menos "não". Com um preço sobre a sua cabeça e a vingança em sua alma, Jon Hale liderou um motim a bordo do navio-prisão Cristobel e recapturou a sua esposa infiel. 
Cathy disse que o odiava, mas se derreteu ao seu toque, mesmo quando Jon tentou desprezar o que mais desejava. 
 Em seguida, o destino ameaçou separá-los para sempre e Jon arriscou sua vida para resgatar a mulher que ele não poderia viver sem...


Série Hale
1- Paixão da Ilha
2- Mar de Fogo

13 de outubro de 2013

Paixão Na Ilha

Série Hale







Lady Catherine Aldley estava a caminho de Londres quando piratas atacaram seu navio.

Bem a tempo o capitão Jonathan Hale a salvou de seus próprios homens, varrendo-a em seus braços, mostrando sua reivindicação sobre a filha mimada do embaixador da Inglaterra em Portugal. 
Tudo que Catherine tinha eram sua inteligência e vontade para vencer seu captor em seu próprio jogo. 
Seus beijos tórridos acenderam paixões estranhas, mas ela prometeu fazer dele seu prisioneiro do desejo... 
Ele era um pirata lendário, ousado, triunfante, livre. Jonathan Hale nunca tomou cativos e sempre escapou das armadilhas da paixão, até que viu a beleza teimosa que não podia deixar para trás. 
Ela era fogo e gelo, uma senhora indignada perante todos e uma tigresa em seus braços. 
Cathy se recusou a ser tratada como uma cativa, mas cedeu ante a sensualidade de Jonathan, que conquistou seu corpo e alma. 
Ele a fez amar o verdadeiro perigo, e ela o fez expor os seus medos mais profundos e seu coração rebelde... 
Este best-seller premiado da autora Karen Robards dá vida a dois personagens extraordinários, uma beleza aristocrática e um pirata famoso, em uma história de amor apaixonante repleta de aventura e desejo desenfreado...
 

28 de setembro de 2013

Coração Negro

Trilogia Irmãs Banning




Uma bela jovem vê sua vida transformada quando um belo canalha cruza seu caminho. 

Lady Elizabeth, a mais jovem e teimosa das três irmãs Banning, provoca um escândalo cada vez que rompe um compromisso. 
A sociedade a considera uma descarada, mas é o temor de que um homem seja seu dono o que fez dela uma rompe corações. 
Neil Severin, um belo canalha com o coração tão negro como sua reputação, é um assassino do governo que agora caiu em desgraça. 
Seu último alvo era um cavalheiro muito querido por Beth, e ela frustrou seus planos. 
Neil promete a si mesmo utilizá-la para seus propósitos, mas então as circunstâncias os convertem em inesperados companheiros de aventuras…  
 







Trilogia Irmãs Banning
 1– Escandaloso
 2- Irresistível
 3– Coração Negro

23 de setembro de 2012

Irresistível

Trilogia Irmãs Banning









Claire Banning cumpre os sonhos de toda debutante quando se casa com um rico aristocrata. 

Entretanto, não demora em perceber que se casou com uma doninha. 
Amargamente ferida e desesperadamente sozinha Claire jura, ao menos, ocupar seu lugar na sociedade. 
Então em uma viagem de volta ao imóvel do marido na costa de Sussex, é raptada, e sua vida e seu coração mudarão para sempre. 
Hugh Battancourt, um sombrio e perigoso aristocrata, que muito tempo atrás virou as costas à sociedade e agora leva uma vida secreta dedicada ao serviço do país, está decidido a não se deixar influenciar pela beleza de sua prisioneira enquanto compartilha um camarote em um navio rumo à França. 
Há vidas dependendo da recuperação de uma carta repleta de segredos que se encontra em poder de Claire e que ela pretende entregar ao inimigo. 
Mas mesmo que Claire e Hugh se envolvam em uma batalha de vontades e engenho, captor e cativa se sentem atraídos irresistivelmente um pelo outro. 
Claire se pergunta, se será possível descobrir o verdadeiro significado do amor com este belo desconhecido… desconhecido que arriscará a vida para protegê-la de alguém que a está pondo em perigo… 

Comentário revisora Nathalia D.:  O livro é bom, com um bom enredo, mistério e romance o suficiente para ficar na memória. 
 DOWNLOAD



Trilogia Irmãs Banning
 1– Escandaloso
 2- Irresistível
 3– Shameless – Na lista

17 de dezembro de 2011

Trilogia Irmãs Banning







Sem fortuna e com duas irmãs para cuidar, Gabriella Banning tinha assumido que seria uma solteirona para sempre. 

Mas o azar a impeliu a tomar uma decisão extrema e, inesperadamente, sua vida se veria sacudida pela paixão, a raiva e o desconcerto. 

Um homem teimoso e muito atraente, que se apresentaria como o conde Wickham, estava a ponto de cruzar seu caminho. 
Curiosamente, o mesmo nome de seu longínquo meio-irmão criado na Ásia. E, também, o mesmo cuja morte Gabriella teve conhecimento fazia só um par de dias.


   DOWNLOAD 


 Trilogia Irmãs Banning
1 – Escandaloso
2 – Irresistible – em revisão
3 – Shameless – na lista
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...