Mostrando postagens com marcador A Noiva Perfeita. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A Noiva Perfeita. Mostrar todas as postagens

12 de janeiro de 2013

A Noiva Perfeita

Série Bastion Club

Tristan Wemyss, conde de Trentham, nunca esperou ter de casar-se no prazo de um ano para não perder sua herança. 

Mas ele não se submeterá aos desejos das mães casamenteiras da sociedade. 
Não, ele se casará com uma dama de sua própria escolha. 
E a dama que escolheu é sua encantadora vizinha.  
A senhorita Leonora Carling tem beleza, espírito e paixão; desgraçadamente, o casamento é a última coisa em sua mente. 
Para Leonora, os beijos de Tristan são muito tentadores.
Mas, como diz o ditado, quem erra uma vez, no futuro terá mais cuidado, e ela decidiu se afastar do casamento. 
Tristan é um veterano experiente e não aceitará a derrota. Por isso, quando um misterioso homem tenta afugentar Leonora e sua família de sua casa, Tristan compreende que tem a desculpa perfeita para oferecer seus serviços como protetor, amante e marido. 

Comentário revisora Déia: Li este livrinho em três dias!! Adorei!! 
Não conhecia nenhuma história desta autora.
Amei a forma como ela conduz as tramas paralelas, dando uma deixa para os próximos livros da série!
Super recomendado!! 

Capítulo Um 

Luxúria e uma mulher virtuosa… só um tolo combinava ambas as coisas. Tristan Wemyss, quarto Conde de Trentham, refletiu a respeito de que raramente o chamavam de tolo, e, ainda assim, lá estava ele, olhando através da janela para uma mulher indubitavelmente virtuosa, e permitindo-se toda classe de pensamentos luxuriosos. 
Talvez fosse compreensível; a dama era alta, de cabelo escuro e possuía uma figura esbelta e sutilmente curvilínea, convenientemente exposta, enquanto passeava pelo jardim traseiro da casa ao lado e se detinha aqui e lá, inclinando-se para examinar as plantas e as flores que havia nos abundantes e estranhamente desproporcionais canteiros do jardim. 
Estavam em fevereiro, e o clima era tão desolado e frio como estava acostumado a ser nesse mês, e, ainda assim, o jardim da casa ao lado ostentava um abundante crescimento, com grossas folhas de escuros verdes e incomuns plantas de cor bronze que pareciam crescer apesar das geadas. 
Reconhecia que havia árvores e arbustos sem folhas e que a erva escasseava em todos os profundos canteiros, mas, mesmo assim, o jardim exalava um ar de vida invernal bastante ausente na maioria dos jardins de Londres nessa época do ano. 
Não era que estivesse interessado absolutamente na horticultura; era a dama a que retinha seu interesse, com seu elegante e bonito andar, com a inclinação da cabeça, quando observava um broto. 
Seu cabelo, de uma viva cor mogno estava recolhido em um coque sobre a cabeça; dessa distância não podia ver sua expressão, mas, ainda assim, seu rosto era oval e pálido, as feições delicadas e puras. 
Um cão peludo, de pelo desgrenhado, cheirava, preguiçosamente, seus calcanhares; normalmente a acompanhava cada vez que passeava por ali. 
Seus instintos bem afiados e confiáveis, informaram-no que hoje a atenção da dama era superficial, estava em suspense, estava matando o tempo enquanto esperava algo. Ou alguém. 
—Milord? Tristan se voltou. Estava de pé em frente à janela na sacada da biblioteca do primeiro andar, no canto traseiro da casa com varadas número 12 da Rua Montrose Place. 
Ele e seus seis conspiradores, os membros do Bastion Clube, compraram a casa fazia três semanas; estavam no processo de equipá-la para que lhes servisse como fortaleza particular, como o último bastião contra as casamenteiras da aristocracia. 
Situada em uma área tranquila da Belgravia a poucos quarteirões da parte sudeste do parque, atrás do qual estava Mayfair, onde todos eles possuíam casas, a moradia era perfeita para suas necessidades. 








Série Bastion Club
1– A Noiva Perfeita 
2– A Honra de um Cavalheiro 
3– A Lady of His Own 
4– A Fine Passion
5– To Distraction
6– Beyond Seduction
7– O Limite do Desejo 
8– Mastered by Love

4 de dezembro de 2011

A Noiva Perfeita

Série Warenne
Devido a um trauma sofrido na infância, lady Blanche Harrington é incapaz de sentir alguma emoção, muito menos amor. 

Agora, as circunstâncias exigem que se case, mas Blanche tem medo de escolher entre a multidão de pretendentes aduladores que a assediam, porque o solteiro certo não se candidatou…
Rex de Warenne, um herói de guerra que se tornou um ermitão, admira lady Blanche há muito tempo. 
E embora o destino e seu caráter difícil levem toda a esperança de forjar um futuro que semelhante dama merece, Rex está decidido a reprimir seus próprios sentimentos e ajudá-la.
No entanto, quando sua amizade, cada vez mais forte, leva-os a partilhar uma noite de paixão incrível, as memórias de Blanche ameaçam seu frágil amor... 
E sua própria vida.

Comentário revisora Neide: Delicioso, particularmente prefiro uma leitura mais hot, mas neste caso os personagens nos enredam numa maravilhosa trama. E os momentos sensuais torna a leitura super fácil.

Capítulo Um

Março, 1822
Duzentos e vinte e oito pretendentes. Deus Santo, como ia conseguir escolher um, entre todos eles?
Blanche Harrington estava a sós em um pequeno gabinete anexo ao grande salão onde logo começaria a invasão de visitantes. 
Aquela manhã retirou as cortinas de luto pela morte de seu pai. Blanche tinha conseguido se livrar do matrimônio durante oito anos, mas sabia que, ao ter morrido seu progenitor, necessitava um marido que a ajudasse a administrar sua considerável e complicada fortuna.
Entretanto, tinha pavor à avalanche de admiradores, tanto pavor quanto sentia pelo futuro. 
 Sua melhor amiga entrou agitadamente no gabinete.
—Blanche, querida, está aqui! Agora mesmo vamos abrir as portas! —exclamou com entusiasmo.
Blanche olhou pela janela para o passeio circular. 
Tinham concedido a seu pai o título de visconde muitos anos antes, depois de acumular uma enorme fortuna com o negócio de fabricação. 
Tantos anos antes, que agora ninguém os considerava novos ricos. Blanche não conheceu outra vida que a da riqueza, dos privilégios e o esplendor. 
Era uma das grandes herdeiras do império, mas seu pai tinha permitido que rompesse seu compromisso matrimonial oito anos antes e embora nunca deixasse de lhe apresentar candidatos, sempre quis que sua filha se casasse por amor. É obvio aquela era uma ideia absurda. 
Não porque as pessoas não pudessem se casar por amor; era absurda porque Blanche sabia que era incapaz de apaixonar-se. 
Entretanto, ia se casar.
DOWNLOAD



Dinastia Warenne
1- O Conquistador
2- A Promessa da Rosa
3- O Jogo
4- O Prêmio
5– A Farsa
6– A Noiva Roubada
7– A filha do Pirata
8– A Noiva Perfeita
9– Um Amor Perigoso
10– A Promessa
11– Uma Atração Impossível
12– Casa dos Sonhos
Série Concluída
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...