8 de maio de 2017

Para Conquistar um Lorde, Não aja como uma Dama


Darcy Blake, Conde de Chase, é um guerreiro, um leal homem do rei e também um espião.

Com a ordem de espionar a luxuriosa atriz Amélia Fox, Darcy deve fingir ser seu aluno em uma apresentação teatral da corte.
Ele estava certo de que poderia educá-la na arte da sedução enquanto descobre se ela seria uma traidora. Mas para sua surpresa, a Srta. Fox acaba ensinando-lhe uma lição completamente diferente.
Como atriz mais popular de Londres, Amélia é famosa na corte, e não tem marido para lhe dizer o que fazer. Infelizmente, o rei ordenou-lhe treinar o dissoluto Lorde Chase a atuar para a corte.
Em pouco tempo, o Conde a deixa louca de desejo e desperta seu coração para o amor. Como atriz, a sociedade dita que ela nunca poderia ser mais do que a amante de lorde Chase, e Amélia jurou nunca ser menos do que uma dama. Quando Darcy descobre que a atriz espirituosa está realmente ligada a um traidor, ele terá que decidir se o amor ou a lealdade governará seu caminho.

Capítulo Um

Hampton Court Palace, 1670.
Lorde Darcy Blake, o terceiro Conde de Chase, não estava satisfeito com sua mãe, seus servos, seu País, sua amante, e neste momento nem com seu rei. Mas, particularmente, ele não estava satisfeito em ficar vestido com uma anágua parado em um escuro hall de uma das alas do Hampton Court Palace.
Maldição, se ele soubesse dez anos atrás, quando trouxe Carlos de volta da França, que ele estaria vestindo babados rosa em uma sala de estar mal iluminada, ele teria deixado a maldita monarquia com os revolucionários. E se ele tivesse de suportar outro momento interminável como esse na presença de qualquer pessoa ou de qualquer coisa, salvo um punhado de fantasmas, ele iria mandar todo mundo se danar.
Ainda assim, o dever o chamava. Os reis convocavam e os Condes de Chase respondiam... Sempre.
— Você é uma mulher bem pouco atraente, Chase — disse Scott Winters, conhecido por seus compatriotas como o Conde de Gelo.
Darcy estreitou os olhos, olhou por cima do ombro e deu ao seu companheiro de batalhas um olhar esmagador.
— Mesmo? Pensei que você iria levantar minha saia mais de uma vez. Winters riu e puxou um punhado das dobras de seu casaco. Recostado na cadeira dourada a poucos metros de distância, inclinou a cabeça para o lado.
— Acredito que você está me confundindo com a senhorita Rochester, velho amigo.
— Aquela maldita francesa? — Darcy virou-se para o longo espelho apoiado contra a parede pintada. Ele parecia um idiota. — Isso era um absurdo. A saia cor-de-rosa pendia de seus quadris estreitos, mas parava vários centímetros acima de seus tornozelos, revelando as grandes fivelas prateadas de suas botas. O maldito corpete cor-de-rosa mal fechava em suas costas, e seus ombros pareciam que iam explodir nas mangas bufantes.
Um sorriso torceu os lábios de Winters.
— Ah, vamos lá, meu velho… ou melhor, minha velha. Você parece muito charmosa.
Darcy bufou. Pelo amor de Deus, se alguma vez ele visse uma mulher como ele, viraria no mesmo pé e sairia correndo. Depois que seu pênis se encolhesse de horror. As mulheres não deviam ter a constituição de soldados. O que, em nome de Deus, Carlos estava pensando?
— Isso é loucura…
A porta do outro extremo da sala se abriu. O rei entrou, com os cachorros latindo nos seus calcanhares. Seu longo casaco vermelho balançava ao redor de sua alta figura enquanto caminhava, e sua peruca preta brilhava suavemente na luz fraca das velas. Os olhos de Carlos, por outro lado, reluziam intensamente.
Winters levantou-se imediatamente.
Darcy deu um passo à frente e ambos inclinaram a cabeça para o rei, depois esperaram. Os cães correram pela sala cheirando e lambendo. Depois de um momento, eles olharam para o rei, rodaram em círculos, e se jogaram em um tapete de peles gigante diante do fogo.
Embora decadente como Baco, Carlos tinha um intelecto astuto, que inspirava respeito em seus homens. Muitos reis, forçados ao exílio, jamais reclamaram seus tronos, mas Carlos tinha agarrado o seu com um punho de ferro e natureza selvagem.
O rei apertou os olhos.
— Loucura, Chase? O que poderia provocar tal censura de sua pessoa?
— Sua Majestade simplesmente não me pareço em nada com uma mulher — protestou Darcy.
O rei olhou Darcy de cima abaixo, seu rosto inexpressivo, exceto um brilho de diversão em seus olhos.
— Isso é verdade. Entretanto, isso me diverte.
Darcy clareou a garganta enquanto Winters tossiu para disfarçar uma risada. Fez um gesto para o seu vestido curto e para seu rosto, que ele sabia ter os mesmos traços rudes do pai, e apelou para a razão:
— Isso nunca vai enganar Warrington.
Carlos acenou com a cabeça enquanto atravessava a sala para ficar diante da lareira onde crepitava o fogo.
— Esse não é o propósito.
— Mas, sua Majestade…
— Chase. — O rei cortou com um gesto — Eu não estou satisfeito com você.
Oh, por que tinha que ter se deitado com a filha de Richmond? Por que, oh Deus, por quê?
— O que quero dizer, senhor, é que deve haver homens mais adequados... 
Veja vídeo do lançamento


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. livro muito bom.uma história muito gostosa de ler .

    ResponderExcluir
  2. Adorei a história da atriz famosa Amélia e o dissoluto Lord Chase.

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?

Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras.
AVISO IMPORTANTE: Nunca sabemos qdo um ebook vai ser lançado, somente no dia do lançamento no grupo, então nunca temos previsão! bjs
Jenna

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...